Sexta-feira
21 de Junho de 2024 - 

Controle de Processos

Newsletter

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
Espanha 0% . . . .
França 0,43% . . . .
Japão 1,86% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
S&P 500 0,31% . . . .

Endereço

Av. Francisco Pereira de Castro , 425 ,ADVOCACIA
Anhangabaú
CEP: 13208-110
Jundiaí / SP
+55 (11) 45230101+55 (11) 959518924

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,85 4,85
EURO 5,32 5,32

Previsão do tempo

Segunda-feira - Jundiaí...

Máx
33ºC
Min
20ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - Jundiaí,...

Máx
32ºC
Min
21ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Jundiaí,...

Máx
33ºC
Min
23ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Jundiaí,...

Máx
33ºC
Min
22ºC
Parcialmente Nublado

EPM promove capacitação de profissionais para atuarem em grupos para homens autores de violência contra mulheres

Inscrições estão abertas até 18 de julho. A Escola Paulista da Magistratura (EPM) abriu inscrições para o curso Primeiros passos para criação, facilitação e coordenação de grupos reflexivos e responsabilizantes para homens autores de violência contra as mulheres, coordenado pela desembargadora Flora Maria Nesi Tossi Silva e pelo juiz Wendell Lopes Barbosa de Souza. A formação será ministrada pelo Teams, de 22 a 26 de julho, das 8 às 12 horas. O objetivo é capacitar os participantes no trabalho com grupos para homens autores de violência contra mulheres (GHAV), a partir do emprego de metodologias reflexivas, marcos normativos nacionais e internacionais. Também serão apresentados modelos de intervenção, seguindo experiências pioneiras, literatura especializada, estudos feministas, de gênero e de masculinidades. Foram disponibilizadas 700 vagas para magistradas e magistrados, servidoras e servidores, integrantes das equipes técnicas do Tribunal de Justiça de São Paulo e profissionais que atuem, dentro ou fora do Poder Judiciário, com intervenções grupais ou inpiduais voltadas a homens que cometeram violência contra mulheres e outras temáticas correlatas. As inscrições são gratuitas e podem feitas até o dia 18 de julho. Haverá emissão de certificado para aqueles que apresentarem 75% de frequência. Para registrá-la, é necessário assistir integralmente à aula em tempo real, ou em até cinco dias após a disponibilização na Central de vídeos. Mais informações no edital. Programa: 22/7 Abertura Desembargador Ricardo Cunha Chimenti – vice-diretor da EPM Desembargadora Flora Maria Nesi Tossi Silva – coordenadora da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo (Comesp) Desembargadora Marcia Lourenço Monassi – vice-coordenadora da Comesp Juiz Wendell Lopes Barbosa de Souza – integrante da Comesp Apresentação do curso e da equipe de tutoria. Apresentação das pessoas participantes, seus locais de trabalho e sua trajetória. Discussão sobre articulação de redes e as possíveis inserções dos GHAV Professora Michelle de Souza Gomes Hugill Juíza Maria Domitila Prado Manssur (monitoria) 23/7 Conceitos fundamentais para o trabalho com homens autores de violência: gênero e violência de gênero. O lugar da facilitação Professor Ricardo Bortoli Juiz Wendell Lopes Barbosa de Souza (monitoria) 24/7 Gênero, facilitação e corporalidade. Masculinidades e feminilidades no espaço de facilitação dos grupos reflexivos. Uso tático do gênero e armadilhas da facilitação Psicóloga Ana Carolina Maurício Juíza Fernanda Yumi Furukawa Hata (monitoria) 25/7 Processos reflexivos. Recursos dialógicos. Perguntas reflexivas Psicólogo Gustavo Vieira Nery Juíza Adriana Vicentin Pezzatti de Carvalho (monitoria) 26/7 GHAV. Critérios mínimos para o funcionamento dos grupos Professor Adriano Beiras Juíza Rafaela Caldeira Gonçalves (monitoria)
11/06/2024 (00:00)
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  359843
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.